Qual o valor real e fundamental da vida

Valor real e fundamental da vida
Qual é o valor real e fundamental de uma vida? Segundo o sábio filósofo Aristóteles, o valor fundamental da vida depende da percepção e do poder de contemplação ao invés da mera sobrevivência. Quem vive apenas para sobrevivência está desperdiçando o seu tempo, ainda não descobriu o verdadeiro valor da vida. O valor final da vida depende mais da consciência, vivemos em um mundo ameaçado em conceitos e valores, e neste mundo o único valor autêntico que nos resta é a vida, nada mais que a vida.

O valor da vida

Em um pequeno vilarejo vivia um velho professor, que de tão sábio, era sempre consultado pelas pessoas da região.
Uma manhã, um rapaz que fora seu aluno, vai até a casa desse sábio homem para conversar, desabafar e aconselhar-se.

- Venho aqui, professor, pois sinto-me tão pouca coisa, que não tenho forças para fazer nada.
Dizem-me que não sirvo para nada, que não faço nada bem, que sou lerdo e muito idiota.

Como posso melhorar?

O que posso fazer para que me valorizem mais?
O professor sem olhá-lo, disse:
- Sinto muito meu jovem, mas não posso ajudar-te.
Devo primeiro resolver meu próprio problema. Talvez depois.

Como posso melhorar meu valor?

E fazendo uma pausa falou:
- Se você ajudasse-me, eu poderia resolver este problema com mais rapidez e depois, talvez, possa ajudar-te.
- Cla... Claro, professor, gaguejou o jovem, mas sentiu-se outra vez desvalorizado e hesitou em ajudar seu antigo professor.

O professor tirou um anel que usava no dedo pequeno, deu ao rapaz, e disse:
- Monte no cavalo e vá até o mercado.
Devo vender esse anel porque tenho que pagar uma dívida.
É preciso que obtenhas pelo anel o máximo valor possível, mas não aceite menos que uma moeda de ouro.
Vá e volte com a moeda o mais rápido possível.

O jovem pegou o anel e partiu.
Mal chegou ao mercado, começou a oferecer o anel aos mercadores.
Eles olhavam com algum interesse, até quando o jovem dizia o quanto pretendia pelo anel.
Quando o jovem mencionava uma moeda de ouro, alguns riam, outros saíam sem ao menos olhar para ele, mas só um velhinho foi amável a ponto de explicar que uma moeda de ouro era muito valiosa para comprar um anel.

Tentando ajudar o jovem, chegaram a oferecer uma moeda de prata e uma xícara de cobre, mas o jovem seguia as instruções de não aceitar menos que uma moeda de ouro e recusava as ofertas.
Depois de oferecer a jóia a todos que passaram pelo mercado, abatido pelo fracasso, montou no cavalo e voltou.

Valor fundametal da vidaO jovem desejou ter uma moeda de ouro para que ele mesmo pudesse comprar o anel, livrando assim seu professor das preocupações.
Dessa forma ele poderia receber a ajuda e conselhos que tanto precisava.
Entrou na casa e disse:
- Professor, sinto muito, mas é impossível conseguir o que me pediu.
Talvez pudesse conseguir 2 ou 3 moedas de prata, mas não acho que se possa enganar ninguém sobre o valor do anel.

- Importante o que disse, meu jovem... contestou sorridente.
Devemos saber primeiro o valor do anel.
Volte a montar no cavalo e vá até o joalheiro.
Quem melhor para saber o valor exato do anel?
Diga que quer vender o anel e pergunte quanto ele te dará por ele.
Mas não importa o quanto ele te ofereça, não o venda...
Volte aqui com meu anel.

O jovem foi até o joalheiro e deu-lhe o anel para examinar.
O joalheiro examinou o anel com uma lupa, pesou o mesmo, e disse:
- Diga ao seu professor, que se ele quiser vender agora, não posso dar mais que 58 moedas de ouro pelo anel.
- 58 Moedas de Ouro!!! - exclamou o jovem.
- Sim, replicou o joalheiro.
Eu sei que com tempo eu poderia oferecer cerca de 70 moedas, mas se a venda é urgente...

O jovem correu emocionado à casa do professor para contar o que ocorreu.
- Sente-se - disse o professor.
Depois de ouvir tudo o que o jovem contou-lhe, falou:
- Você é como este anel, uma jóia valiosa e única, e que só pode ser avaliada por um "expert".
Pensava que qualquer um poderia descobrir o seu verdadeiro valor?
E, dizendo isto, voltou a colocar o anel no dedo.

- Todos somos como esta jóia: valiosos e únicos, e andamos por todos os mercados da vida pretendendo que pessoas inexperientes nos valorizem.
Você deve acreditar em si mesmo.
Sempre!

Perceba o seu valor.

"Ninguém pode fazê-lo sentir-se inferior sem o seu consentimento."
Perceba o valor que há nos pormenores de tua vida.
Você pode não saber o porquê de estar aqui, ou o porquê do que te acontece.
Mas o Senhor, nosso Pai, tudo sabe, e nas menores coisas pode estar o que há de mais importante. (Augusto Branco)

O maior valor da vida

Abraços e muita paz!

Benefícios e mistérios da flor de lótus

Mistérios da flor de lótus
São muitos os benefícios e os mistérios que envolvem a flor de lótus. Ela é considerada sagrada e um dos símbolos mais antigos e mais profundos do nosso planeta. Com nome científico de Nelumbo Nucifera, ela é uma planta aquática do gênero Nelumbo, conhecida popularmente como lótus, flor de lótus, loto-índico e lótus-índico. No oriente, a flor de lótus significa pureza espiritual. Na literatura clássica de muitas culturas asiáticas, a flor de lótus simboliza elegância, beleza, perfeição, pureza, graça e vida saudável.

Trata-se de uma planta nativa da Ásia, habitante de cursos de água lentos ou lagoas de água doce, vivendo a pouca profundidade. É enraizada no fundo lodoso por um rizoma vigoroso do qual partem grandes folhas arredondadas, sustentadas acima do espelho de água por longos pecíolos. Produz belas flores rosadas ou brancas, grandes e com muitas pétalas.

Benefícios da flor de lótus

Os mistérios da Flor de Lótus

A flor de lótus representa um grande mistério para a ciência, que não consegue explicar a característica própria que possui de repelir microorganismos e partículas de pó. Sua luminosa e imaculada pétala tem o dom de “auto limpar-se”, ou seja, conseguem repelir microrganismos e poeiras.

É também a única planta que regula o seu calor interno, mantendo-o por volta dos 35º, isto é, a mesma temperatura do corpo humano.
É conhecida pela longevidade das suas sementes, que podem germinar após treze séculos.

Maravilhas da flor de lótusA flor de Lótus é uma espécie de flor aquática, com muitos significados para os países do Oriente, especialmente o Japão, o Egito e a Índia. Ela é considerada sagrada e um dos símbolos mais antigos e mais profundos do nosso planeta. Nos ensinamentos do budismo e hinduísmo, a flor de lótus simboliza o nascimento divino, o crescimento espiritual e a pureza do coração e da mente.

Serviu de inspiração para a arquitetura do Burj Khalifa, o prédio mais alto do mundo.
O lótus é cultivado como planta ornamental em jardins aquáticos de todo o mundo.
As flores, as sementes, as folhas novas, e as "raízes" (rizomas) desta espécie de lótus são comestíveis.

Sua simbologia é uma de suas virtudes mais apreciadas: é associada à pureza espiritual e ao renascimento. Uma das flores mais belas, ela nasce em meio à lama, inspirando um caminho de purificação e de transcendência em relação a tudo que é considerado impuro no mundo.

Princípios ativos da flor de lótus: 

Simbologia da flor de lótusCálcio, carboidrato, magnésio, potássio, óleos essenciais, proteína, sais, sódio, betacaroteno, tanino, nelumbina, roemerina, zinco.

Indicações de uso da flor de lótus:
Afecções respiratórias, afecção e sangramento uterino, catarro pulmonar, cólera, desobstruir as vias respiratórias e eliminar as secreções, diarréia, distúrbio estomacal, enfisema pulmonar, febre, gripes, laringite, pneumonia, rinite, suores da menopausa, tosse e vômito.

Usos tradicionais da flor de lótus:
Diarréia, hemorragia, hemorragia uterina, hemorróidas, envenenamento por cogumelos, problemas de fala (gagueira), resfriados, sinusite, tosse, tosse seca.

Propriedades medicinais da flor de lótus:

Adstringente, afrodisíaco, cardiotônico, emenagogo, hemostático, hipotenso, rejuvenescedor, sedativo.

Na medicina alternativa, as sementes e as raízes são consumidas junto com arroz, agindo como um afrodisíaco. As sementes são usadas como um calmante e cardiotônico, além de serem utilizadas tradicionalmente para melhorar gagueira, dificuldades de fala e concentração.

Usos da flor de lótusTodas as partes da Lótus são usadas de algum modo como medicinas. A raiz da Lótus ajuda a dispersar o muco que se encontra estagnado. A Loto ajuda a estancar sangramentos. A região da Lótus que conecta as raízes com o resto da planta é consideradas com as propriedades mais medicinais.

Na culinária, folhas, talos jovens, pétalas, sementes e os rizomas são comestíveis. A farinha de raiz da Lótus é usada para engrossar molhos. Partes tenras jovens podem ser comidas cruas em saladas ou cozidas como um legume. As folhas são usadas para embrulhar comidas para serem assadas ou cozinhadas em vapor. As flores podem ser flutuadas em sopas.

A Lótus possui como componentes químicos asparagina, tanino, nelumbina, betacaroteno, vitamina B-1 e B-2 e niacina. Deve ser evitada em casos de indigestão e constipação.

A Lótus é considerada a flor sagrada da Índia, um símbolo espiritual. A flor também é assemelhada a Lakshimi, Deusa da Prosperidade. Na lenda da flor de Lótus é dito que Horus, deus do Sol egípcio, e Brahma, terem nascido de flores de Lótus. Em muitas partes do mundo, A Lótus é usada em cerimônias religiosas.

É dito que suas cinco pétalas representam as cinco fases da roda hindu da vida: nascimento, iniciação, matrimônio, descanso e morte. É uma planta aquática. Na tradição grega, a Lótus era comida para induzir um estado sonhador, mas na medicina chinesa é usada para aliviar devaneios. (Plantas Medicinais e Fisioterapia)

Chá de Flor de Lótus 

Chá medicinal da flor de lótusO chá tem características desintoxicantes, ajuda no controle da pressão sanguínea e taxas de gordura. Serve para combater insônia, cansaço físico e mental, stress.
Regulariza o fluxo menstrual, é um ótimo desintoxicante.
É consumido há mais de dois mil anos no Japão, considerado um chá sagrado.

Benefícios da raiz de lótus

Raiz de lótus é uma excelente fonte de vitamina C. Em 100 g de raiz fornece 44 mg ou 73% dos valores diários recomendados. A vitamina C é um potente antioxidante. Ela é necessária para a síntese de colágeno no corpo. O colágeno é a principal proteína estrutural do corpo, necessários para manter a integridade dos vasos sanguíneos, pele, órgãos e dos ossos. O consumo regular de alimentos ricos em vitamina C ajudam o corpo a proteger-se contra o escorbuto, desenvolver resistência contra a infecção viral, aumenta a imunidade, acelerar a cicatrização de feridas e a remover o câncer.

Chá de raiz da flor de lótusA raiz de Lótus fornece quantidades saudáveis de alguns minerais importantes, tais como cobre, ferro, zinco, magnésio e manganês. O cobre é um co-fator para muitas enzimas vitais para o nosso organismo. Outros minerais que funcionam como co-fatores para estas enzimas, são o manganês e zinco. E juntamente com o ferro, são necessárias para a produção de células vermelhas do sangue.

Modo de usar:
Tomar uma xícara do chá, três vezes ao dia.
Parte utilizada: planta inteira; raiz.

Estudos sobre a flor de lótus

Em 1996, Shen-Miller foi à China com o objetivo de pesquisar mais a fundo a flor de Lótus e sua equipe coletou sementes de lótus que datavam cerca de 450 e 500 anos.

O que descobrem os cientistas?
1. Longevidade: Depois de séculos de envelhecimento, as proteínas das sementes do lótus permanecem capazes de promover a germinação das sementes, mesmo sob um “céu sombrio”.

2. Auto-reparação: Para a sobrevivência a longo prazo, as sementes são capazes de ativar genes que produzem proteínas para reparar e manter ambientes estressantes.
Pesquisas sobre a flor de lótus“Estes regulamentos genéticos são recursos únicos e valiosos a serem explorados nessa planta”, diz Shen-Miller.

3. Capacidade para combater o estresse: Uma alta porcentagem de proteínas da semente do lótus permanece fluida mesmo à temperatura de ebulição. Estas proteínas solúveis em calor são vitais para combater o estresse.

4. Outras habilidades genéticas: O genoma incomum do lótus também dá outras habilidades de sobrevivência: “Suas folhas repelem a sujeira e água, suas flores geram calor para atrair polinizadores e o revestimento do fruto da lótus é uma cobertura com antibióticos e feita de cera, que assegura a viabilidade da semente que ele contém”, disse Shen-Miller à imprensa científica.

A flor de lótus possui em seu DNA a capacidade de auto-regeneração, auto-preservação, mesmo diante de todas as intempéries do meio ambiente.

E, além disso, há na flor de lótus um mecanismo, ainda em estudo, que coordena uma espécie de “desligamento” e “acionamento” das principais funções da planta, garantindo a reserva de energia, mesmo em situações de estresse biológico.

Flor de Lótus e seus mistérios

Abraços e muita paz!

A vida e os impulsos da sobrevivência

Impulsos de sobrevivência
A vida nos impõe que sejamos muitas vezes duros. Acabamos nos tornando céticos. Muitas vezes agimos apenas baseados nos impulsos da sobrevivência. A voz de Deus não é ouvida senão por aqueles que têm o ouvido sensível. Muitas vezes a correria da vida e as agitações da nossa alma inquieta não nos permitem perceber o Divino.

Impulsos da sobrevivência

Treinamos os nossos sentidos para reagir apenas aos impulsos da sobrevivência, mas há realidades que só se percebem com o espírito. Aqueles que aquietam o coração e se deixam tocar pelo Eterno, escutam o sussurro de Deus.

Existe uma maravilhosa mítica lei da natureza que as três coisas que mais desejamos na vida, a felicidade, a liberdade e a paz de espírito, são sempre obtidas quando as concedemos a alguém mais...

amor e compaixão

Ajuda mútua

Há alguns anos, nas olimpíadas especiais de Seattle, nove participantes, todos com deficiência mental, alinharam-se para a largada da corrida dos 100 metros rasos.

Ao sinal, todos partiram, não exatamente em disparada, mas com vontade de dar o melhor de si. Um dos garotos tropeçou no asfalto, caiu e começou a chorar. Os outros oito ouviram o choro. Diminuíram o passo e olharam para trás. Então viraram e voltaram. Todos eles. Uma das meninas com Síndrome de Down ajoelhou, deu um beijo no garoto e disse: "Pronto, agora vai sarar". E todos os noves competidores deram os braços e andaram juntos até a linha de chegada. O estádio inteiro levantou e os aplausos duraram muitos minutos...

Talvez os atletas fossem deficientes mentais, mas com certeza, não eram deficientes espirituais... Isso porque, lá no fundo, todos nós sabemos que o que importa nesta vida, mais do que ganhar sozinho é ajudar os outros.

As Obras da Carne e o Fruto do Espírito

Digo, porém: andai no Espírito e jamais satisfareis à concupiscência da carne.  
Frutos da carne
Porque a carne milita contra o Espírito, e o Espírito, contra a carne, porque são opostos entre si; para que não façais o que, porventura, seja do vosso querer.  
Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais sob a lei.  
Ora, as obras da carne são conhecidas e são: prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, ciúmes, iras, discórdias, dissensões, facções, invejas, bebedices, glutonarias e coisas semelhantes a estas, a respeito das quais eu vos declaro, como já, outrora, vos preveni, que não herdarão o reino de Deus os que tais coisas praticam.
Frutos do espírito
Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei.   
E os que são de Cristo Jesus crucificaram a carne, com as suas paixões e concupiscências.    
Se vivemos no Espírito, andemos também no Espírito.    
Não nos deixemos possuir de vanglória, provocando uns aos outros, tendo inveja uns dos outros.    

As boas obras enriquecem o espírito


As boas obras enriquecem o espírito.


1. Se alguém for surpreendido nalguma falta, vós, que sois animados pelo Espírito, corrigi-o com espírito de mansidão; e tem cuidado de ti mesmo, para que não caias também em tentação!
        
2. Ajudai-vos uns aos outros a carregar os vossos fardos, e deste modo cumprireis a lei de Cristo.      

3. Porque, se alguém julga ser alguma cousa, não sendo nada, a si mesmo se engana.    

4. Cada um examine o seu procedimento. Então poderá gloriar-se do que lhe pertence e não do que pertence a outro.  

5. Pois cada um deve carregar o seu próprio fardo.      

6. Aquele que está sendo instruído na palavra, faça participante de todas as cousas boas aquele que o instrui.  

7. Não vos enganeis: de Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará.         

8. Porque o que semeia para a sua própria carne, da carne colherá a corrupção; mas o que semeia no Espírito, do Espírito colherá a vida eterna.    

9. E não nos cansemos de fazer o bem, porque há seu tempo colheremos, se não relaxarmos.       

10. Por isso, enquanto tivermos oportunidades, façamos o bem a todos, mas particularmente aos irmãos na fé.

As mais eloquentes e exatas testemunhas de um homem, perante o pai supremo, são as suas próprias obras. Aqueles que amparamos constituem nosso sustentáculo.

Façamos sempre o bem

Abraços e muita paz!