A morte do orgulho soberbo e arrogante

A morte do orgulho arrogante
Para viver sabiamente e honestamente é preciso erradicar as ervas venenosas da alma, é preciso promover a morte gradativa do orgulho soberbo e arrogante. O orgulho venenoso é um sentimento autodestrutivo. Segundo Santo Agostinho, o orgulho é a fonte de todas as fraquezas, por que é a fonte de todos os vícios. Orgulho não é grandeza, mas inchaço. E o que está inchado parece grande, mas não é sadio. O orgulho venenoso e ambicioso precisa ser erradicado, pois é melhor abrir mão do orgulho do que chamar para si a desgraça através da teimosia e cupidez. Não é uma tarefa fácil, mais é preciso limpar a alma dos vícios doentios, não podemos ficar eternamente repetindo os mesmos erros do passado, é preciso melhorar para evoluir.

Erradicando a erva daninha com determinação e superação.
Determinação coragem e autoconfiança são fatores decisivos para o sucesso da vida.
Se estivermos possuídos por uma inabalável determinação conseguiremos superá-los.
Ervas venenosasIndependentemente das circunstâncias, devemos ser sempre humildes, recatados e despidos de orgulho. (Dalai Lama)
O egoísmo, o orgulho, a vaidade, a ambição, a cupidez, o ódio, a inveja, o ciúme, a maledicência são para a alma ervas venenosas das quais é preciso a cada dia arrancar algumas hastes, e que têm como contraveneno: a caridade e a humildade. (Allan Kardec)
O homem modesto tem tudo a ganhar e o orgulhoso tudo a perder: é que a modéstia tem sempre a ver com a generosidade e o orgulho com a inveja. (Antoine de Rivarol)

Vida simples e modesta.
Não depender senão de si mesmo é, em nossa opinião, um grande bem, mas isso não significa que devamos sempre nos contentar com pouco. Simplesmente, quando nos falte a abundância, devemos poder nos contentar com pouco, persuadidos de que gozam melhor a riqueza os que têm menor número de cuidados, e de que tudo quanto seja natural se obtém facilmente, enquanto o que não o é só se consegue a custo. As iguarias mais simples proporcionam tanto prazer quanto a mesa mais ricamente servida, sempre que esteja ausente o sofrimento causado pela necessidade, e o pão e a água ocasionam o mais vivo prazer quando são saboreados após longa privação.
Orgulho é complemento da ignorância
O hábito de uma vida simples e modesta é uma boa maneira de cuidar da saúde e, ademais, torna o homem corajoso para suportar as tarefas que deve necessariamente cumprir na vida. Permite-lhe ainda apreciar melhor uma vida opulenta, quando se lhe enseje, e fortalece-o contra os reveses da fortuna. Por conseguinte, quando dizemos que o prazer é o soberano bem, não falamos dos prazeres dos devassos, nem dos gozos sensuais, como o pretendem alguns ignorantes que nos combatem e nos desfiguram o pensamento. Falamos da ausência de sofrimento físico e da ausência de perturbação moral. Pois não são nem as bebedeiras, nem os repetidos banquetes, nem o prazer que causam os peixes e as carnes abundantes nas mesas suntuosas, que proporcionam uma vida feliz, e sim os hábitos razoáveis e sóbrios, a razão investigando sem cessar as causas legítimas da preferência e da aversão, e rejeitando as opiniões susceptíveis de trazerem a alma em maior confusão. (Epicuro)

Pouco conhecimento faz com que as pessoas se sintam orgulhosas. Muito conhecimento, que se sintam humildes. É assim que as espigas sem grãos erguem desdenhosamente a cabeça para o Céu, enquanto que as cheias as baixam para a terra, sua mãe. (Leonardo da Vinci)

Soberba procede a ruína

A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito precede a queda. Melhor é ser humilde de espírito com os mansos, do que repartir o despojo com os soberbos. (Provérbios 16:18 e 19)

Abraços e muita paz!

Desafios geram o equilíbrio para a vida

Equilíbrio para a vida
Os desafios geram o equilíbrio necessário para a vida em harmonia. A grande tarefa da vida consiste na habilidade de lidar e superar os desafios e os obstáculos. Diariamente, precisamos de muita criatividade para enfrentar os desafios da vida, são eles que nos trarão o equilíbrio e as oportunidades de melhorar, sem eles estaremos apenas passando pela vida, não há evolução. A vida tem sempre dois lados e para viver é preciso existir e enfrentar os desafios que a vida nos apresenta, procurando sempre o equilíbrio entre os dois, o positivo e o negativo, o bom e o ruim, o conforto e o desconforto. Viver é ficar se equilibrando o tempo todo, entre escolhas e consequências.

Viver é enfrentar desafios.
Quem nunca enfrentou desafios, apenas passou pela vida, não viveu.
Sim, todo mundo quer uma vida tranquila e estável, mas não se consegue isso sem luta, esforço e muita coragem.
E ninguém quer uma vida medíocre, sem sal nem açúcar. Definitivamente, isso não é coisa que engrandece a alma. Mas se quiseres seguir adiante com glória, tenha ciência de que às vezes é necessário mudar a estratégia do jogo radicalmente.
Você poderá perder muitas peças e muitas batalhas no caminho. E não importa o quanto você sofra, o quanto você apanhe. Você precisa reunir suas forças e seguir em frente.
Mesmo que tudo pareça perdido, não esqueça: na vida, assim como num jogo de Xadrez, enquanto você estiver de pé e lutando, nada estará perdido. Basta que você mantenha o equilíbrio e siga em frente. (Augusto Branco)

A vida tem dois lados

Desafios da vida.
A vida é possível apenas por meio de desafios.
A vida é possível apenas quando você tem ambos, bom tempo e mau tempo, quando você tem ambos, prazer e dor, quando você tem ambos, inverno e verão, dia e noite.
Quando você tem ambos, tristeza e alegria, desconforto e conforto. A vida se move entre essas duas polaridades.
Movendo-se entre essas duas polaridades, você aprende como ter equilíbrio. Entre essas duas coisas, você pode aprender como voar até a estrela mais distante. 
As dificuldades sempre existem, são partes da vida. E é bom que existam, ou não haveria crescimento. Dificuldades são desafios. Elas o incitam a trabalhar, a pensar, a descobrir meios de sobrepujá-las.
Equilíbrio e harmoniaO próprio esforço é essencial. Assim, sempre tome as dificuldades como bênçãos. Sem dificuldades, estaríamos perdidos. Dificuldades maiores virão, e isso significa que a existência está cuidando de você, está lhe dando mais desafios. E, quanto mais você os soluciona, maiores desafios estarão esperando por você.
As dificuldades desaparecem somente no último momento, mas esse último momento chega somente devido às dificuldades. Assim, nunca tome negativamente qualquer dificuldade.
Descubra o algo positivo nela para o seu aprendizado. A mesma rocha que bloqueia o caminho poderá funcionar como um degrau. E se não houvesse essa rocha no caminho, como você se elevaria? E o próprio processo de ir acima dela, tornando-a um degrau, dá-lhe uma nova atitude de ser.
Quando você pensa criativamente sobre a vida, tudo é útil e tudo tem algo a lhe dar. Nada é sem sentido. (Osho)

Viver é como andar de bicicleta: É preciso estar em constante movimento para manter o equilíbrio. (Albert Einstein)

Escolhas e consequências

Viver é isso aí mesmo, ficar se equilibrando entre escolhas e consequências. (Paulo Coelho)

Abraços e muita paz!