Comportamento para conviver em harmonia

Conviver em harmonia
Precisamos seguir algumas regras de comportamento para aprender a conviver em harmonia com os nossos semelhantes e com a vida, preservando sempre o bem-estar de todos, esta é a principal razão da nossa evolução neste Planeta. Conforme reza a Declaração do Parlamento das Religiões do Mundo “De cada um de nós depende do bem-estar do todo, e assim sentimos respeito pelas pessoas, pelos animais e plantas, e pela preservação da Terra, do ar, da água e do solo. Devemos tratar os outros como gostaríamos que os outros nos tratassem. Assumindo um compromisso com uma cultura de não-violência, respeito, justiça e paz”. Portanto, as regras são claras, a nossa primordial missão é o bem-estar de todos, conviver com os outros sem julgar ou condenar, aceitando as diferenças, defeitos e manias uns dos outros.

A arte de viver é simplesmente a arte de conviver... simplesmente, disse eu? Mas como é difícil! (Mario Quintana)

Viver é conviver. Temos o dom de nos acostumar com os nossos próprios defeitos e manias. Julgamos até que eles são verdadeiras virtudes – daí nossa reação, interna ou externa, quando alguém ousa nos criticar. Achamos que os outros, sim, é que tem comportamentos insuportáveis; são chatos, desagradáveis e não percebem os aborrecimentos que nos causam. Por que não mudam de comportamento? Por que não se esforçam para serem melhores? Por que temos de suportá-los?
Se tivéssemos a coragem de promover uma grande reunião com todas as pessoas que convivem conosco, e lhes pedíssemos que apontassem nossos defeitos, talvez a reunião terminasse de maneira trágica: riscaríamos esses amigos e conhecidos de nossa agenda. “Afinal, onde já se viu dizer aquilo tudo de mim? E eu que pensava que fossem meus amigos!...”
Convivência irmanadaQuem somos? O que pensamos ser ou o que os outros pensam de nós? Somos o que pensamos ser; somos o que os outros pensam de nós; mas somos, acima de tudo, o que Deus pensa de nós. Só Ele tem uma visão global a nosso respeito. É o único que nunca se decepciona conosco. É que uma decepção tem como origem determinada expectativa não realizada. Ora, Ele sabe que somos pó, frágeis e fracos. Nós é que nos julgamos muito sábios e santos. Os outros talvez reajam contra nós porque sentem nossos “espinhos”. (Na verdade, para um porco-espinho, os próprios espinhos não incomodam; desagradáveis são os espinhos dos companheiros...).
Viver é conviver. É mais do que isso: é crescer nos relacionamentos. E cresceremos se nossos relacionamentos forem marcados pelo amor. O amor cristão (“Amai-vos uns aos outros como eu vos amei” – Jesus Cristo) não se fundamenta nas virtudes dos outros, em sua bondade, delicadeza ou simpatia. A fonte desse amor é a gratuidade. Somos chamados a amar o próximo não porque ele seja bom; devemos amá-lo para que se torne bom e, acima de tudo, porque é uma imagem e semelhança de Deus. Talvez, em algumas pessoas, essa imagem não esteja muito nítida; poderá, até, estar deformada e feia. Não nos cabe julgar as razões disso e menos direito temos de condená-las. Amar é olhar cada pessoa com o olhar de Jesus Cristo - um olhar que é marcado pela misericórdia e pelo perdão, pelo carinho e pela a capacidade de fazer nosso o sofrimento do outro. (Dom Murilo S. R. Krieger)

A melhor equipe não é aquela que reúne membros perfeitos, mas aquela onde cada um aceita os defeitos do outro e consegue perdão pelos próprios defeitos. (Jacques Loew)

A arte da vida consiste em fazer da vida uma obra de arte. (Mahatma Gandhi)

Leia também: Viver é conviver e não acostumar-se

Convivência entre os homens

Abraços e muita paz!

A vida e o triste mundo da escuridão

Triste mundo da escuridão
A vida e o triste mundo daqueles que vivem na escuridão. Quem não tem fé vive no triste mundo das trevas, o mundo dos que não creem, o mundo onde nada é possível, o mundo sem Deus no coração.
Nada é maior que a força da fé, quando fazemos dela a essência de nossa vida. A fé é o escudo daqueles que lutam por um ideal, com ela enfrentam o mundo e vencem qualquer batalha. Faça de tua fé uma fortaleza para abrigar teus pensamentos e educá-los, guarde no coração os teus desejos e busque na alma a fé para vê-los prosperar. Jamais abandone as quatro grandes e inabaláveis virtudes: a intuição, a força, a vontade, e a fé.

Suba o primeiro degrau com fé. Não é necessário que você veja toda a escada. Apenas dê o primeiro passo. (Martin Luther King)
A entrega é a fé no poder de realizar qualquer coisa, até mesmo quando não se pode prever o resultado de uma ação. (Deepak Chopra)
A fé e a razão caminham juntas, mas a fé vai mais longe. (Santo Agostinho)

O mundo dos que não creemO mestre encontrou-se com os discípulos certa noite, e pediu que acendessem uma fogueira para que pudessem conversar.
- O caminho espiritual é como o jogo que arde diante de nós - disse.
- Um homem que deseja acendê-lo tem que se conformar com a fumaça desagradável, que torna a respiração difícil e arranca lágrimas do rosto.
Assim é a reconquista da fé. Entretanto, uma vez o fogo aceso, a fumaça desaparece, e as chamas iluminam tudo ao redor, nos dando calor e calma.
- E se alguém acender o fogo para nós? - perguntou um dos discípulos.
- E se alguém nos ajudar a evitar a fumaça?
- Se alguém fizer isto, é um falso mestre. Que pode levar o fogo para onde tiver vontade, ou apagá-lo, na hora que quiser. E como não ensinou ninguém a acendê-lo, é capaz de deixar todo mundo na escuridão. (Maktub)

A falta de fé
O guerreiro da luz nem sempre tem fé. Há momentos em que não crê em absolutamente nada.
E pergunta ao seu coração: “Será que vale a pena tanto esforço?" Mas o coração continua calado. E o guerreiro tem que decidir por si mesmo.
Então ele procura um exemplo. E lembra-se que Jesus passou por algo semelhante para poder viver a condição humana em toda a sua plenitude.
"Afasta de mim este cálice", disse Jesus. Também ele perdeu o ânimo e a coragem, mas não parou.
O guerreiro da luz continua sem fé. Mas segue adiante assim mesmo, e a fé termina voltando. (Paulo Coelho)

Viver é acalentar sonhos e esperanças, fazendo da fé a nossa inspiração maior. É buscar nas pequenas coisas, um grande motivo para ser feliz! (Mario Quintana)


Não se vive sem fé
Não se vive sem fé. A fé é o conhecimento do significado da vida humana. A fé é a força da vida. Se o homem vive é porque crê em algo. (Leon Tolstoi)

Abraços e muita paz!

Felicidade é harmonia entre ser e vida

Felicidade, harmonia entre ser e vida
Felicidade é ter pensamentos e atitudes em harmonia com a vida. A felicidade resulta da harmonia entre o ser humano e a vida. A vida sempre trabalha em busca da harmonia. Ela é a arte capaz de tornar a vida mais agradável e feliz possível. Ninguém pode ser feliz sem ter saúde física e mental, sem limpar o coração e a alma. Quando a alma está feliz, a prosperidade cresce, a saúde melhora, as amizades aumentam, enfim, o mundo fica de bem com você, isso é harmonia e gera felicidade. 

Aquilo a que chamamos felicidade consiste na harmonia e na serenidade, na consciência de uma finalidade, numa orientação positiva, convencida e decidida do espírito, ou seja, na paz da alma. (Thomas Mann)

Diversos filósofos estudaram e analisaram a felicidade. Para o grego Aristóteles, a felicidade diz respeito ao equilíbrio e harmonia praticando o bem; para o também grego, Epico, a felicidade ocorre através da satisfação dos desejos; Pirro de Élis também acreditava que a felicidade acontecia através da tranquilidade. Para o filósofo indiano Mahavira, a não violência era um importante aliado para atingir a felicidade plena.
Os filósofos chineses também pesquisaram sobre a felicidade. Para Lao Tsé, a felicidade poderia ser atingida tendo como modelo a natureza. Já Confúcio acreditava na felicidade devido à harmonia entre as pessoas.

Viva Feliz!A vida é fruto da decisão de cada momento. Talvez seja por isso, que a idéia de plantio seja tão reveladora sobre a arte de viver.
Viver é plantar. É atitude de constante semeadura, de deixar cair na terra de nossa existência as mais diversas formas de sementes.
Cada escolha, por menor que seja, é uma forma de semente que lançamos sobre o canteiro que somos. Um dia, tudo o que agora silenciosamente plantamos, ou deixamos plantar em nós, será plantação que poderá ser vista de longe...
Para cada dia, o seu empenho. A sabedoria bíblica nos confirma isso, quando nos diz que "debaixo do céu há um tempo para cada coisa!".
Hoje, neste tempo que é seu, o futuro está sendo plantado. As escolhas que você procura, os amigos que você cultiva, as leituras que você faz, os valores que você abraça, os amores que você ama, tudo será determinante para a colheita futura.
Felicidade talvez seja isso: alegria de recolher da terra que somos, frutos que sejam agradáveis aos olhos!
O que não podemos perder de vista é que a vida não é real fora do cultivo. Sempre é tempo de lançar sementes... Sempre é tempo de recolher frutos. Tudo ao mesmo tempo. Sementes de ontem, frutos de hoje, Sementes de hoje, frutos de amanhã!
Por isso, não perca de vista o que você anda escolhendo para deixar cair na sua terra. (Padre Fábio de Melo)

Ser feliz de uma forma realista é fazer o possível e aceitar o improvável. Fazer exercícios sem almejar passarelas, trabalhar sem almejar o estrelato, amar sem almejar o eterno. Olhe para o relógio: hora de acordar. É importante pensar-se ao extremo, buscar lá dentro o que nos mobiliza, instiga e conduz, mas sem exigir-se desumanamente. A vida não é um game onde só quem testa seus limites é que leva o prêmio. Não sejamos vítimas ingênuas desta tal competitividade. Se a meta está alta demais, reduza-a. Se você não está de acordo com as regras, demita-se. Invente seu próprio jogo e viva feliz. (Martha Medeiros)


Como alcançar a felicidade?

Abraços e muita paz!